santuário da divina misericórdia

santuário da divina misericórdia
santuário da divina misericórdia

NOTICIAS

Por que o mês de Maio de dedicado a Virgem Maria? 
Durante vários séculos a Igreja Católica dedicou todo o mês de maio para honrar a Virgem Maria, Mãe de Deus. A seguir, explicamos o porquê.
A tradição surgiu na antiga Grécia. O mês de maio era dedicado a Artemisa, deusa da fecundidade. Algo semelhante ocorreu na antiga Roma, pois maio era dedicado a Flora, deusa da vegetação. Naquela época, celebravam os ‘ludi florals’ (jogos florais) no fim do mês de abril e pediam sua intercessão.
Na época medieval abundaram costumes similares, tudo centrado na chegada do bom clima e o afastamento do inverno. O dia 1º de maio era considerado como o apogeu da primavera.

Durante este período, antes do século XII, entrou em vigor a tradição de Tricesimum ou “A devoção de trinta dias à Maria”. Estas celebrações aconteciam do dia 15 de agosto a 14 de setembro e ainda são comemoradas em alguns lugares. A  ideia de um mês dedicado especificamente a Maria remonta aos tempos barrocos – século XVII. Apesar de nem sempre ter sido celebrado em maio, o mês de Maria incluía trinta exercícios espirituais diários em homenagem à Mãe de Deus.
Foi nesta época que o mês de maio e de Maria combinaram, fazendo com que esta celebração conte com devoções especiais organizadas cada dia durante todo o mês. Este costume durou, sobretudo, durante o século XIX e é praticado até hoje.
As formas nas quais Maria é honrada em maio são tão variadas como as pessoas que a honram.
As paróquias costumam rezar no mês de maio uma oração diária do Terço e muitas preparam um altar especial com um quadro ou uma imagem de Maria. Além disso, trata-se de uma grande tradição a coroação de Nossa Senhora, um costume conhecido como Coroação de Maio.
Normalmente, a coroa é feita de lindas flores que representam a beleza e a virtude de Maria e também lembra que os fiéis devem se esforçar para imitar suas virtudes. Em algumas regiões, esta coroação acontece em uma grande celebração e, em geral, fora da Missa.
Entretanto, os altares e coroações neste mês não são apenas atividades “da paróquia”. Mas, o mesmo pode e deve ser feito nos lares, com o objetivo de participar mais plenamente na vida da Igreja.
Deve-se separar um lugar especial para Maria, não por ser uma tradição comemorada há muitos anos na Igreja ou pelas graças especiais que se pode alcançar, mas porque Maria é nossa Mãe, mãe de todo o mundo e porque se preocupa com todos nós, intercedendo inclusive nos assuntos menores.
Por isso, merece um mês inteiro para homenageá-la.




Pentecostes: O nascimento da Igreja Missionária



Cinquenta dias após celebrarmos a Ressurreição de Jesus, somos convidados a rezar a Solenidade de Pentecostes. Na liturgia, com a celebração de Pentecostes, se encerra o tempo pascal e retomamos o tempo comum, tempo de rezar a vida pública de Jesus e a nossa missão como seus discípulos.

Espírito Santoé o dom que o Pai nos concede para que sejamos capazes de guardar a Palavra do seu Filho em nossa vida. O Espírito fez os discípulos recordarem que Cristo havia colocado o Evangelho em seus corações e que, por amor a Cristo, os discípulos guardaram sua palavra: “Quem me ama guardará minha palavra”. Sabendo que a Palavra do Cristo permanece no coração de quem Nele acredita, os discípulos, na força do Espírito, amor que nos move porque nos reveste de esperança, foram levar o Evangelho até os confins da terra.
Sendo assim, em Pentecostes nasce a Igreja missionária, a Igreja que se descobre em constante saída, como tão bem tem falado o Papa Francisco. Uma Igreja que vai às periferias do mundo porque o Espírito nos impulsiona para levar a Palavra de Jesus aonde não existe mais sinal de esperança. Onde a vida é desrespeitada e ferida, é lá que o Evangelho, que é palavra capaz de salvar, deve ser proclamado.
O Espírito Santo derramado sobre os nossos corações, como dom do Pai e do Filho, nos capacita para falar a linguagem do amor, caminho indispensável para a unidade tão desejada por Jesus para sua Igreja: “Que todos sejam um!”. A linguagem do amor nos fortalece para superarmos as divisões e crescemos no testemunho de Cristo por uma profunda vida de fraternidade. “Nisto reconhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”.

O Espírito Santo é o defensor que Jesus nos enviou para sermos suas testemunhas, mesmo quando situações adversas e perseguições querem destruir nossa fé. O Espírito é força que liberta a vida. É força que transforma todas as realidades, porque ele nos capacita para viver o amor que renova a face da terra


Tarde da Misericórdia - Maio/2018

Neste sábado, realizamos mais uma tarde da misericórdia. O Pe Ednaldo Gomes, como de costume, presidiu a Santa Missa por cura e libertação.
Cada celebração é um momento ímpar na vida de todos os fiéis. O Senhor tem uma porção de sua unção para derramar sobre cada um de nós; neste mês mariano peçamos a Virgem Maria que interceda a Deus por nós para que sejamos preenchidos do Espírito Santo e anunciemos com ousadia querigmática a Palavra de Deus .

"Aleluia, aleluia, aleluia."
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna


Festa da Misericórdia (Encerramento)
Festa da  Misericórdia 2018
No Domingo de Páscoa (01/04) deu-se início à Festa da Misericórdia no Santuário Diocesano da Divina Misericórdia até ontem, 2° Domingo da Páscoa  (Domingo da Misericórdia).
A festa contou com várias atividades tais como louvores, confissões, novena, missas, adoração ao Ssmo. Sacramento, dentre outras.
Todos os dias da semana houve a novena, a recitação do Terço da Misericórdia e a Santa Missa, esta presidida por um padre convidado a cada dia, com um clima de grande alegria por ocorrer durante a Oitava Pascal.A Festa da Misericórdia traz ao Santuário localizado em Campina Grande - PB, milhares de fiéis todos os anos, send o portanto motivo de grande alegria para nós, haja vista tantos fiéis que dedicam esse tempo para se voltar à contemplação do mistério da Ressureição de Cristo e sua infinita misericórdia. 
Uma novidade para este ano foi o monumento de Jesus Misericordioso que está em processo de construção no Santuário da Divina Misericórdia. Muitos fiéis, de perto ou de lugares mais distantes, admiraram com piedade e devoção o belíssimo monumento.Diante da realização da festa, nós agradecemos a todos que se empenharam para que ela acontecesse. Cada um e cada esforço foram essenciais! Deus os recompense!


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=598568100491261&set=ms.c.eJw9U8sRRCEM6mgn~%3B5j~_G9t5RDwyECSoOSerMyVGXeuXwBMftm5iBT7y~_NbsCV98VMCXXhyr96s~%3Btn7RxIZ5Tc4rsBX58WORTd7WP59~%3BARv5yG~%3B~_jF3sjfnq5w88zOubx8m7LR7gjpHPj3nb50iMVPvlBX4ixFOr16uvz09a6Cf98X776JADbEO9QK9Kv14~%3B6rX8mM85i1P3PLv6FOxvbo~%3B~%3B9If6QH9SSb3ifFPm00EefXpfHC8f9o2L09a~%3Br957eae~_cZ9eRb~%3Bdl314B~%3BIM~_~_1c~%3Bc0fvvNS5Gf1j3f00ez7JM5~%3B~_~%3BjuN8Rh0D~%3B~%3BwP3U6~%3B9svqA~_Ffrk~%3BeJ~%3BSCn3ye3~%3BvPO3v2B~%3BlZjne~%3BLxfT~%3Bke~%3B2d~%3Br35eH8~_tfokj76SfUU39EZ8cF~_WQbzvIa9fFd6z3P~%3BclZhvvu8q5Jc6xLF6~%3BwMMftl6.bps.a.598567523824652.1073741940.100010142284925&type=3&theater

Nenhum comentário:

Postar um comentário