Santuário da Divina Misericórdia

Santuário da Divina Misericórdia
Santuário da Divina Misericórdia

Papa Francisco fala do “poder” que a Bíblia tem.



Vaticano, 31 Out. 18 / 04:00 pm (ACI).- O Papa Francisco enumerou três elementos que caracterizam as sagradas Escrituras e que as dotam do “poder de transformar a vida”.
Em um encontro no Vaticano com membros da Sociedade Bíblica Americana, por ocasião do retiro anual que esta organização realiza em Roma, o Santo Padre comentou que a Palavra é viva e eficaz, é penetrante e discerne os pensamentos e sentimentos.
A Bíblia é viva e eficaz porque, “de fato, desde o princípio, ‘Deus disse e foi’. E na plenitude dos tempos, Jesus nos deu palavras que ‘são espírito e vida’”, explicou Francisco.
“Com a Palavra, Ele deu nova vida a corações apagados, como o de Zaqueu e ao publicano Mateus”. Assim, destacou que, quando o Senhor disse a esses personagens bíblicos “segue-me”, eles os seguiram. Por isso, ressaltou a eficácia das Escrituras, sua leitura e a oração a partir de sua meditação “não fica sem efeito”.
A Bíblia, “como palavra que, imbuída do Espírito Santo, que dá a vida, nos comunica Jesus que é a vida e, assim, torna fecunda nossa vida. Nenhum outro livro tem o mesmo poder”. “Mediante sua palavra, conhecemos o Espírito que a inspirou: de fato, só no Espírito Santo pode ser verdadeiramente recebida, vivida e anunciada, porque o Espírito ensina tudo e recorda o que Jesus disse”.
Em segundo lugar, “a Palavra de Deus é penetrante”, sublinhou. “É mel que dá a doçura consoladora do Senhor, mas também é espada que leva uma inquietude saudável ao coração. Com efeito, penetra no mais profundo e leva luz às áreas de sombra da alma. Cavando, purifica. O duplo corte desta espada, em um primeiro momento, pode doer, mas na realidade é benéfico, porque amputa o que nos separa de Deus e do amor”.
Por último, “a Palavra divina discerne os pensamentos e os sentimentos”, assegurou o Papa. “O Verbo de vida também é a verdade e sua palavra faz a verdade em nós, dissipando falsidades e duplicidades. AS Escrituras nos empurram continuamente a reorientar a rota da vida para Deus. Deixar-nos ler pela Palavra nos permite, assim, nos tornarmos ‘livros abertos’, transparências vivas da Palavra que salva, testemunhas de Jesus e anunciadores de sua novidade”.
“De fato, a palavra de Deus traz sempre novidade, é incapturável, foge de nossas previsões e, com frequência, rompe os nossos esquemas”. O Papa finalizou seu discurso desejando aos membros da delegação da Sociedade Bíblica Americana que “renovem a dedicação ao seu ministério bíblico pelo bem de tantos irmãos e irmãs”.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/papa-francisco-fala-do-poder-que-a-biblia-tem-90781

Convite Tarde da Misericórdia 
Passando para lembrar a todos do nosso encontro marcado, no próximo sábado dia 03/11 para participarmos da penúltima tarde da misericórdia do ano de 2018.
Então a você que nunca veio e gostaria de participar sintam-se convidados, chamem vizinhos, amigos e familiares para juntos celebrarmos uma tarde de muito louvor e adoração.


INICIO

CONSAGRAÇÃO À MISERICÓRDIA DIVINA
“Ó Misericordiosíssimo Jesus, infinita é a Vossa bondade e inesgotáveis os tesouros da Vossa graça. Eu confio inteiramente na Vossa Misericórdia que está acima de todas as Vossas obras. Consagro-me a viver inteiramente no brilho esplendoroso de graça e amor que brotaram do Vosso Sagrado Coração na cruz.
Desejo imitar a Vossa Misericórdia praticando as obras de misericórdia espirituais e corporais, particularmente pela conversão dos pecadores, e dando auxílio, coragem e consolação a todos os que são pobres, infelizes ou doentes. Eu me entrego e abandono totalmente à Vossa Misericórdia, para que cuideis de mim como Vossa pertença e Vossa Glória. Tudo receio da minha fraqueza, mas tudo espero da Vossa Misericórdia. Fazei que toda a humanidade conheça o abismo insondável da Vossa Misericórdia e que ponha toda a sua confiança em Vás e Vos adore para sempre. Amém.
“Jesus, eu confio em Vós”

“Ó Sangue e Água que brotastes do Coração de Jesus como fonte de Misericórdia para nós, eu confio em Vós” (D. 187).

Ano de 1934. No dia da Assunção de Nossa Senhora não estive na santa Missa; a médica não o permitiu — apenas rezei fervorosamente na cela. Em seguida, vi a Mãe de Deus em beleza indizível — e Ela me disse: Minha filha, exijo de ti oração, oração e mais uma vez oração pelo mundo e especialmente pela tua pátria. Por nove dias, recebe a Comunhão reparadora, une-te estreitamente ao Sacrifício da santa Missa. Durante esses nove dias te apresentarás diante de Deus como vítima de oblação, e sempre, em todo lugar e tempo — de dia ou de noite, toda a vez que te acordares, reza em espírito. Em espírito, sempre se pode perseverar na oração. 🌹
(Diário de Santa Faustina, 325)

"Vejo um certo sacerdote, a quem Deus ama muito, mas o demônio o odeia terrivelmente, visto que conduz muitas almas a uma elevada santidade e preocupa-se unicamente com a glória de Deus. Peço a Deus que não cesse a paciência dele diante daqueles que se lhe opõem continuamente. Onde o demônio não pode prejudicar sozinho, serve-se dos homens."

(Diário de Santa Faustina,1384)


Jesus, protege com seus raios da Divina Misericórdia todos os Sacerdotes!