santuário da divina misericórdia

santuário da divina misericórdia
santuário da divina misericórdia

INICIO

Dia de Nossa Senhora do Perpétuo
Socorro
 

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Na pintura, Maria é representada segurando o menino Jesus em seu colo. O menino Jesus observa dois anjos que lhe mostram os elementos de sua paixão; Os anjos seguram uma cruz, uma lança e uma vara com uma esponja. O menino se assusta, abraça a Mãe e uma sandália lhe cai dos pés. Arcanjo Gabriel e arcanjo Miguel flutuam acima dos ombros de Maria. O ícone seria uma “cópia do quadro de Maria Pintado por São Lucas”.

História de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é um título que os cristãos deram a Maria em homenagem e agradecimento à sua atenção constante e perpétua para com a humanidade. Perpétuo socorro quer dizer socorro eterno, socorro sempre. Sempre que precisar. Socorro de Mãe. A mãe nunca esquece o filho, nunca abandona os filhos. Assim é o Perpétuo Socorro de Maria.
Um homem que ganhava a vida como comerciante roubou a imagem de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro no século XV. Sua intenção era vendê-la em Roma. Durante a travessia do mar Mediterrâneo, uma violenta tempestade quase fez o navio naufragar. Após chegar em Roma, ele adoeceu. Arrependido, contou a um amigo sua história e pediu para que ele devolvesse o ícone  a uma Igreja para ser venerado pelos fiéis.
A esposa desse amigo não quis devolvê-la, mas, após ficar viúva, Nossa Senhora apareceu a sua filha de seis anos e lhe disse para colocar o quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro em uma Igreja, ou na Igreja de São João Latrãoou na de Santa Maria Maior. No dia 27 de março de 1499 o ícone foi entronizado na Igreja de São Mateus, ficando lá por mais de 300 anos.

Esquecimento e reencontro

Quando Roma foi invadida pelos os franceses, no século XVIII, aconteceu algo muito triste: a Igreja de São Mateus foi destruída. Com isso, os Agostinianos que guardavam a Obra, levaram-na para um lugar oculto. Ali ela permaneceu esquecida, por 30 anos. Mas um monge agostiniano que tinha muita devoção a Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, antes de morrer, contou a história da imagem e da devoção a um coroinha, que tempos depois se tornou padre Redentorista. Passado um tempo os Redentoristas compraram uma área para fazer a sua Casa Mãe da congregação e o jovem padre ajudou a reencontrar o ícone.

Redescoberta do ícone de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

No começo de 1866, o Papa Pio IX entregou a guarda da imagem aos Redentoristas. Na ocasião, o papa fez a eles esta recomendação: “Fazei com que todo o mundo conheça esta devoção.” Fizeram então muitas cópias do ícone e a difundiram por todas as partes do mundo.

Devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Depois desta missão recebida do papa, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro passou a ser oficialmente a Padroeira dos Redentoristas. Sua festa é comemoradaem 27 de junho. Após a restauração da imagem, ela foi devolvidaà Igreja de Santo Afonso. Lá passou a ser venerada pelo povo. O quadro, atualmente, em se tratando de ícone bizantioa, é o mais venerado em todo o mundo.





São João Batista 
Hoje celebramos o nascimento de São João Batista. É uma solenidade muito importante no ano litúrgico porque nesse dia lembramos o maior dos profetas, como o próprio Jesus o chama em Mt 11,11 (“Digo a verdade a vocês: Do meio dos nascidos de mulher não surgiu ninguém maior do que João Batista.”) Mas porque João Batista foi tão importante? Quem era esse profeta? Qual foi a sua missão? Nesse dia a liturgia da Igreja nos coloca frente a esse personagem que nos ensina, com sua vida e palavras, a ser fiéis discípulos e missionários de Jesus.
O seu nascimento é narrado no Evangelho de Lucas. Dele se anuncia que “ficará pleno do Espírito Santo ainda no seio de sua mãe e converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus”. E efetivamente isso aconteceu. A primeira parte dessa profecia se cumpre naquela famosa passagem na qual Maria, já grávida, visita sua prima Isabel, que estava no sexto mês de gravidez, e nesse encontro, “quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança lhe estremeceu no ventre...”.
A segunda parte da profecia se cumpre na vida de João Batista. Seu testemunho era tão convincente que chegaram a confundi-lo com o próprio Messias, mas ele negou com força: “Eu não sou o Cristo... Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor!". Ele sabia quem era e que sua missão era preparar os corações para acolher a vinda do verdadeiro Messias, seu primo Jesus, de quem ele se sabe “indigno de desatar a correia da sandália”.
Essa atitude de João Batista pode nos ensinar a atitude básica de todo cristão. Nós não anunciamos a nós mesmos, mas a Jesus Cristo. Um mundo que busca muitas vezes os aplausos para si mesmo pode contaminar os cristãos a quererem também ser o centro das atenções, mas quando isso acontece nos colocamos no lugar de Jesus e mutilamos pela raiz o anúncio do Evangelho. Uma das frases de João Batista que deveríamos sempre ter presente e que nos ajuda a não perder o horizonte de nossa vida cristã é a seguinte: “É necessário que Ele (Jesus) cresça e eu diminua. (Jo 3,30) Nas atividades que fazemos na Igreja, nos serviços que prestamos aos mais pobres, no nosso trabalho e na nossa família é sempre oportuno que nos perguntemos se estamos nos colocando no lugar que deveria estar Jesus
"Toda a vida de João Batista foi marcada por esse dinamismo de anúncio, de saída, de entrega generosa pelo Reino de Deus que ele anunciava".



Vaticano apresenta programação da viagem do Papa à Irlanda

O Vaticano apresentou nesta segunda-feira, 11, a programação da viagem do Papa Francisco à Irlanda em agosto próximo por ocasião do 9º Encontro Mundial das Famílias. Francisco estará no país nos dias 25 e 26 de agosto.
O Santo Padre sairá de Roma na manhã de sábado e deve chegar à capital Dublin às 10h30 (hora local). A acolhida oficial será ainda no aeroporto, de onde ele seguirá para a residência presidencial para a cerimônia de boas vindas e a já tradicional visita de cortesia ao presidente do país, Michael Higgins. O primeiro discurso do Papa deve ser no Castelo de Dublin, no encontro com as autoridades, a sociedade civil e o corpo diplomático.
Ainda no sábado, na parte da tarde, Francisco fará uma visita à Catedral de Santa Maria, de onde seguirá para o centro de acolhida dos padres capuchinhos. Ele visitará ainda, de forma privada, o centro de acolhida para famílias sem-teto. O último compromisso do Papa no sábado é a Festa das Famílias no estádio Croke Park, ocasião em que fará um novo discurso.

No domingo, 26, logo pela manhã Francisco segue para a cidade de Knock para uma visita ao Santuário de Knock, onde está a imagem de Nossa Senhora do Silêncio. Na esplanada do Santuário, ele rezará a oração mariana do Angelus com os fiéis e depois retornará à capital Dublin.

Após almoço com a comitiva papal, no domingo à tarde Francisco presidirá a Santa Missa no Phoenix Park e terá um encontro com os bispos no Convento das Irmãs Dominicanas.

A cerimônia de despedida no aeroporto está prevista para as 18h30 (hora local). O Santo Padre retorna, então, a Roma, onde deve chegar às 23h (hora local).

O último Encontro Mundial das Famílias foi na Filadélfia, Estados Unidos, e foi o primeiro que teve a participação do Papa Francisco. Essa nona edição, que será realizada em agosto próximo, tem como tema “O Evangelho da família, alegria para o mundo”.

Da Redação, com Boletim da Santa Sé


O que é a pascom (Web Divina)?


A Pastoral da Comunicação é a pastoral do ser/estar em comunhão/comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso dos recursos e instrumentos da comunicação. Não é uma pastoral a mais, mas aquela que integra todas as demais pastorais. (Igreja e comunicação rumo ao Novo Milênio – Estudos da CNBB 75)
Por meio da comunicação, seja pessoal ou por meio de qualquer instrumento, o agente da Pascom busca: anunciar o Evangelho; promover a comunhão dentro da Igreja, entre os fiéis, o clero, as pastorais, movimentos; realizar uma comunicação interna (para os envolvidos na vida eclesial) e externa (para os que estão fora e para os demais meios de comunicação).
Como foi dito acima, a Pascom deve promover a comunhão. Então, precisa também realizar essa comunhão da Paróquia com a Diocese. O que acontece na sua Paróquia pode interessar a tantas outras pessoas. E é por meio da Diocese que elas podem ter conhecimento desses acontecimentos.



Celebração de Pentecostes:
Neste Domingo dia 20/05/2018 aconteceu no santuário da Divina Misericórdia em Campina Grande, uma celebração em comemoração ao dia de pentecostes, celebrado pelo Pe. Van Victor Vigário paroquial da nossa diocese, a missa também foi em ação de graças por todos os voluntários da festa a Misericórdia 2018.







Oraçãopara ser feita em preparação a festa de Pentecostes:

Nós nos preparemos para a Festa de Pentecostes, rezando durante nove dias esta oração, clamando os dons do Espírito Santo sobre nós, nossas famílias e sobre toda a Igreja.
Vinde, Espírito de Sabedoria! Instruí o meu coração para que eu saiba estimar e amar os bens celestes e antepô-lo a todos os bens da terra. (Glória ao Pai…)
Vinde, Espírito de Inteligência! Iluminai a minha mente para que entenda e abrace todos os mistérios e mereça alcançar um pleno conhecimento Vosso, do Pai e do Filho. (Glória ao Pai…)
Vinde, Espírito de Conselho! Assisti-me em todos os assuntos desta vida instável, tornai-me dócil às Vossas inspirações e guiai-me sempre pelo direito caminho dos divinos mandamentos. (Glória ao Pai…)
Vinde, Espírito de Fortaleza! Fortalecei o meu coração em todas as perturbações e adversidades e dai à minha alma o vigor necessário para resistir a todos os meus inimigos. (Glória ao Pai…)
Vinde, Espírito de Ciência! Fazei-me ver a vaidade de todos os bens caducos deste mundo, para que não use deles senão para Vossa maior glória e salvação da minha alma. (Glória ao Pai…)
Vinde, Espírito de Piedade! Vinde morar no meu coração e inclinai-o para a verdadeira piedade e santo amor de Deus. (Glória ao Pai…)
Vinde, Espírito de Temor de Deus! Repassai a minha carne com o Vosso santo temor, de modo que tenha sempre Deus presente e evite tudo o que possa desagradar aos olhos de Sua divina majestade. (Glória ao Pai…)
Divino Espírito Santo, eu vos ofereço todas as preces da santíssima Virgem e dos apóstolos reunidos no cenáculo, e a estas uno todas as minhas orações, suplicando-Vos que Vos apresseis em vir renovar a face da terra.
– Enviai o Vosso Espírito e tudo será criado.
– E renovareis a face da terra.
Oremos: Ó Deus, que instruístes os corações dos fiéis com a luz do Espírito Santo, dai-nos pelo mesmo Espírito o conhecimento e o amor da justiça e que gozemos sempre da Sua consolação. Amém.
Rezar três Ave-Marias a Nossa Senhora de Pentecostes com a invocação

Rainha dos Apóstolos, rogai por nós!”